NFT, Blockchain, Ethereum, Foundation.app: o que tudo isso tem a ver com arte?

Uma nova onda começa a se formar no mundo da arte, e promete mudar a forma como lidamos com arte digital. A “Crypto art” está formando uma nova economia em torno de um formato inovador de aquisição de ativos.




Um dos motivos por este assunto ter virado uma febre foram as negociações milionárias e de personalidades famosas em NFT, que chamaram a atenção da comunidade artística nos últimos meses. Uma delas foi a venda da obra The First 500 Days (foto acima), do artista Beeple, em leilão na Chistie`s NY por US$ 69 milhões. Outra foi foi a obra intitulada Stay Free, um autorretrato digital de Edward Snowden, feito das páginas de uma decisão do Tribunal de Apelações dos Estados Unidos (abaixo). Na último 16 de abril, ele leiloou a peça original dentro do marketplace Foundation.app, uma plataforma mundial em NFT, por cerca de US$ 5,4 milhões em criptomoeda Ethereum.



Mas afinal, o que é NFT?

NFT é a sigla em inglês para “non-fungible tokens”, que pode ser traduzido como “tokens não-fungíveis”. O nome é estranho assim mesmo, mas não é difícil de entendê-lo: token pode ser interpretado como uma certificação digital, um conjunto de "contratos inteligentes"; não-fungível, por sua vez, significa que ele é único, que não pode ser substituído por outro. A grande vantagem deste sistema NFT, é a possibilidade de rastreio da obra, garantindo a autenticidade e autoria em todas as etapas de suas transações comerciais.


As plataformas digitais, ou os marketplaces de leilões ou vendas de obras em NFT, estão sendo acessados por colecionadores, investidores e apaixonados por arte do mundo inteiro, prontos para dar um lance nas obras utilizando moedas digitais, como o Etherium.



Conectado com as novidades do mundo da arte, o artista e fundador da Luka.art, Luciano Mota, está preparando a sua primeira coleção de obras dentro do sistema NFT. Luciano deverá lançar (o que na linguagem NFT chama-se "mintar") a sua coleção Vanitas nos próximos dias, na plataforma Foundation.app, um dos mais destacados marketplaces de arte digital do mundo, por sua exigente curadoria.


Este formato, que já é realidade no mercado mundial e, em breve, em nosso mercado local, facilita, e é muito mais seguro para o autor e o comprador da obra, que utilizarão marketplaces especializados e com curadoria, como a Luka.art, para realizar estas transações.



Segundo Luciano Mota, "não é um processo simples para a maioria, mas já está sendo incorporado no nosso dia-a-dia e, dentro de algum tempo, fará parte do cotidiano das negociações de arte". A Luka.art, como uma galeria sensível aos movimentos e tendências do segmento de arte, em breve estará trazendo novidades em produtos e coleções alinhados com este formato inovador.



#arte #nftart #digitalart #fotografia #fineart


Referências: christies.com; gizmodo.uol.com.br ; foundation.app

Posts recentes

Ver tudo